Como configurar Nota Fiscal de Serviço – NFSe?

Desde que foi implementada, a emissão da nota fiscal de serviço eletronicamente, nas prefeituras de todo o país, cada prefeitura optou por contratar uma software house para desenvolver seu emissor.

Em cidades maiores, as prefeituras acabaram contratando empresas de software que além de possibilitar a emissão manual da nota de serviço pelo site da própria prefeitura, também pudessem fornecer um provedor webservice onde as empresas que precisassem emitir nota de serviço,  tivessem a opção de integrar ao seu software de gestão.

Ou seja, tem prefeituras que usam provedores de serviços/servidores de emissão de nota de serviço que podem ser integrados ao software de gestão por meio de webservice e tem prefeituras que usam provedores de serviços/servidores de emissão de nota de serviço mas que não fornecem esta integração.

Para consultas de quais prefeituras usam serviços que podem ser integrados, a Log deixou registrado em seu cadastro de cidades, a informação sobre este provedor quando o mesmo possui integração via webservice. Os que constarem alguma informação no campo Provedor de NFS-e tem esta opção disponível. Os que estiverem em branco não tem como gerar NFS-e diretamente pelo software, assim como é feito na NFe e NFCe.

provedor-nfse
Mais Informações referente a NFSe neste link  aqui e através destas Informações NFSe.


 

Como configurar Nota Fiscal de Serviço – NFSe ?

  1. Versão programa NFSe

    Pegue a versão mais recente do aplicativo no seguinte diretório:
    Servidor -> D:\Projetos\Domynus NFSe\Versões

    Ele deve ficar na pasta do sistema Domynus, no mesmo local que o PDomynus.

  2. Configurações de Comunicação para Envio

    1. Identificar Provedor
      Na pasta PADRÃO dos clientes no servidor, copie o seguinte arquivo:

      Cidades.ini

      Cole-o na pasta Domynus.

      Agora, neste arquivo procure pela Cidade do cliente que irá emitir NFSe e veja qual é o provedor.

      O sistema utiliza este arquivo para identificar de qual é o provedor e seu arquivo .ini que deverá utilizar para enviar a nota.

    2. Identificar Schemas do Provedor e Webservices para envio

      Na pasta PADRÃO dos clientes no servidor, na pasta Schemas/NFSe

      • Schemas
        Estão na Pasta com o nome do Provedor
        Copie e Cole na pasta Domynus/Schemas/NFSe
        Ex: Betha
      • Webservices  para envio
        Estão no Arquivo .INI com o nome do Provedor
        Cole na pasta Domyus
        Ex: Betha.ini

        O sistema utiliza esta informação para saber para qual local enviar os dados.

  3. Cadastro Cidade
    No cadastro da cidade, em provedor, escreva corretamente o nome do provedor que foi identificado no passo acima.

    O sistema utiliza este nome do Provedor para identificar a sua pasta de schemas.

  4. Atualizar Cod. Serviços Fiscal da receita
    Na receita, cada serviço existente possui um Código Fiscal específico que deve ser informado na NFSe.
    Podem ser consultados através desta link: http://sped.rfb.gov.br/pagina/show/1601

    No programa Rotinas Auxilizares, a partir da versão 1.0.0.4 execute a rotina
    Serviços – NFSe para registrar no banco de dados os Serviços e seus Códigos Fiscais.

  5. Atualização / Cadastro de todos os Serviços do Cliente
    Veja com o cliente quais são os Códigos fiscais dos serviços que eles emitem NFSe.
    Veja com o cliente quais são no nosso sistema os serviços referente ao serviços acima identificados. Caso não tenha os serviços cadastrados é necessário cadastrar.

    No cadastro de cada um destes serviços, na aba Observação, no campo Tipo de Serviço, é necessário colocar o código daquele serviço.

    Atenção!!
    No sistema da prefeitura, o cliente deve estar vinculado com esse tipo de serviço.
    Se colocar um código de serviço que a empresa cliente não faz no site da prefeitura, irá dar erro na NFSe.

  6. Cadastro de empresa
    1. Na aba Parametros, informe a Inscrição Municipal e CNAE;
    2. Na aba Nota Fiscal, é preciso registrar a numeração fiscal.
      Lote RPS = Número do último Lote (Caso não saiba informe Zero)
      NFSe = Número do último RPS emitido
      Em alguns provedores, é preciso seguir a sequência, mas isso se consegue após o envio da primeira NFSe, ocorrerá erro e informará a sequência.

      Caso não consiga na mensagem, veja na última NFSe.

  7. Regra Fiscal
    Na regra fiscal 15 – NF. VENDA DE SERVIÇO, na aba Outros, informe a Alíquota de ISS (%) e para Gerar NUM NF;
  8. Nos parâmetros
    Na aba faturamento, deve ser preenchido o usuário, senha e frase secreta caso existam.
  9. Domynus
    Pegue a última versão do Domynus com os scripts devidamente executados através do Atualizador.

    Segue os scripts caso necessário:

    ALTER TABLE mov_nf
    ADD NFSE_LOTE INTEGER;

    COMMENT ON COLUMN mov_nf.NFSE_LOTE IS
    ‘Numero do Lote de envio para Notas fiscais de servico – RPS = Recibo provisorio de servico’;

    ALTER TABLE MOV_MOVIMENTO
    ADD NFSE_NUMRPS VARCHAR(10);

    COMMENT ON COLUMN MOV_MOVIMENTO.NFSE_NUMRPS IS
    ‘RPS = Recibo provisorio Servico’;

  10. Versão do Sistema Domynus Fiscal
    X:\Projetos\Domynus NFSe\Versões
  11. Pronto! Está devidamente configurado!!
  12. Teste

    1. Coloque o sistema em homologação
    2. Inclua uma nota fiscal do tipo 15 com um serviço
    3. No programa PDomynus Fiscal localize esta nota, selecione-a e envie.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s