Estorno de NF-e

Como emitir a NF-e de estorno

A forma mais simples de se pensar em uma NF-e de estorno, é que a mesma é uma NF-e inversa da original.

Ou seja, se você está estornando uma NF-e de venda, então você vai gerar uma NF-e de compra. Se você está estornando uma NF-e de remessa, então você vai gerar uma NF-e de retorno.

A seguir, eis alguns detalhes que você precisa ficar atento:

Natureza da operação
campo natOp
999 – Estorno de NF-e não cancelada no prazo legal
Finalidade da NF-e
campo FinNFe
3 – NF-e de ajuste
Informações Adicionais de Interesse do Fisco
campo infAdFisco
Preencha neste campo o motivo que levou você a estornar a NF-e. Por exemplo: Erro de digitação nos itens.
Chave de Acesso da NF-e Referenciada
campo refNFe
Informe a chave de acesso da NF-e que está sendo estornada.
Produtos Informe todos os produtos da mesma forma que estão na NF-e original.
CFOP Você deve utilizar os códigos inversos ao da NF-e original. Por exemplo, se for uma NF-e de remessa, então utilize um CFOP de retorno equivalente. Se for uma venda, utilize um CFOP de compra equivalente.

 

Fonte:

https://asseinfo.com.br/blog/estorno-de-nf-e/?utm_campaign=newsletter_-_geral_-_08032018&utm_medium=email&utm_source=RD+Station

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s